O comendador Augusto Martins Pereira nasceu em Sever do Vouga em1885, no seio de uma família ligada à fundição e à agricultura.

Aos 10 anos trabalha numa fundição em Lisboa, após o que participa na instalação de diversas fundições no país. Desloca-se então para os Açores, trabalhando na fundição de um irmão. Emigra para os EUA, trabalhando em duas fundições em Boston e tira um curso noturno de fundição. Retornando aos Açores, adquire a fundição do irmão e cria outras empresas. 
Em 1921, com 36 anos, fruto do seu espírito determinado e empreendedor e da sua qualidade como desenhador, monta a sua empresa em Albergaria-a-Velha.
Em 1928 surge com a marca Alba, que em 1934 obtém a medalha de Ouro da Exposição Industrial Portuguesa.

    

No final dos anos 30 do século XX a Alba amplia as suas instalações para uma zona periférica de Albergaria-a-Velha.

Devido ao seu sucesso empresarial, Augusto Martins Pereira foi agraciado com a Comenda de Mérito Industrial em 1936.

Na nova fábrica, de grandes dimensões (41.000m2), ergue-se um circuito de produção digno de registo para a época, constituindo-se numa das mais completas fundições do país, empregando mais de 700 trabalhadores, com produções diárias de 20 toneladas.

O seu crescimento é exponencial e estende-se fundamentalmente ao resto do país, às antigas colónias ultramarinas, bem como aos Estados Unidos, Espanha, França e Itália.

   

   

   

A empresa cria uma série de equipamentos em apoio à comunidade, particularmente nos concelhos de Albergaria-a-Velha e Sever do Vouga. Hospitais, asilos, moradias para famílias carenciadas, casa de apoio para crianças órfãs, banda de música, clube desportivo, entre outras obras, manifestando um elevado sentido de responsabilidade social. 

Em 2009 a Alba é envolvida no grupo Larus, reconhecido pela sua experiência na gestão do design, reforçando assim as suas competências numa das tecnologias mais apropriadas para o equipamento urbano: a fundição. O objetivo é a atualização dos artigos da Alba com produtos inovadores, reduzindo os custos de produção e investindo em Investigação e Desenvolvimento.